segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Oi :D

é, eu sei que eu não psoto aqui há um booooom tempo. O diário mesmo deve fazer uns 2 meses que eu não escrevo Oo'
Mas é que eu ando muuuuuuuuuuito corrida cara.
Sério, minha vida tá muuuuuuuuuito cheia de coisas e eu fico sem tempo nem de postar :s
E além do mais, o vestibular seriado está ai e eu não estudei naaaada :O e são realmente muitos assuntos. E eu ando tirando notas baixas nas provas :S Tudo isso porque em vez de estudar pras provas eu fico no pc :S E Rafael tá reclamando disso :/ Então eu prometi a ele que ia me dedicar DE VERDADE aos estudos, pra aumentar minha nota e me dar bem no seriado que é uma coisa realmente importante e eu preciso me dedicar de verdade a isso. Então a solução que eu encotnrei foi desativar! Vou desativar TUUUUDO por um tempo, Blog, orkut, twitter, facebook, TUDOO ! :(
Quando eu arranjar tempo de folga, ou em um feriado ou algo do tipo, passo aki só pra dizer um oi a vocês que tanto gostam de ler e acompanhar esse blog maluco.

- Rafael, diz agora que eu nãoa guento passar 2 meses sem computador, diz :P Tô fazendo tudo isso só porque você me pediu ok? ;)
- Victor que acompanha minha web pelo blog, pensa que vai ficar sem ler ela agora é? NANANINANÃO! Você vai continuar a ler minha web pelo orkut HAHA' e isso é uma ordem, tô mandando rapá :) LoveYou♥
- Adonai, se um dia você cumprir a promessa de ler meu blog e ver isso aqui, fique sabendo que sim, eu perdi as esperanças e você acabou de realizar uma coisa que eu considerava impossível :D rs. Te amo ♥

Bjs a todos e quando eu puder estarei aqui denovo /promessa! Mas vou avisando, isso pode demorar muuuuuito ! Oo'

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Capítulo 15 –

Aii, Breath, socorro... o que aconteceu comigo? Eu só lembro de uns olhos verdes lindos me perguntando se tava tudo bem e minha cabeça começou a girar e eu apaguei... (Breath: Eu já te disse pra não misturar bebida com drogas Anny, só dá nisso...) Quem se importa com isso? Eu quero é saber de quem eram aqueles olhos lindos... você viu? São perfeitos... Eu me arrepiei toda, fiquei paralisada, sei lá, parecia ser a coisa mais bela que eu já tinha visto! (Breath: Huuuum... acho que ta rolando alguma coisa :D) Claro que não... não seja idiota! Eu só queria saber quem era aquele cara... (Breath: Então abre o olho e tenta descobrir né?) Ah, é mesmo... rsrsrsrs (abrindo o olho) Aii, essa luz ta me deixando mais tonta ainda Oo’ Meus sentidos estão voltando ao normal... ei, perai, Breath, olha, são os olhos! A última e a primeira coisa que eu vi! Os olhos verdes!
Poncho: Tudo bem?
E eu me surpreendo a cada minuto, é incrível como o dono dos olhos é ainda mais bonito que eles. Que cara lindo, to babando aqui Breath... (Breath: *-*)
Anahí: Sim... acho que sim (sorrindo)
Poncho: Da ultima vez que você me disse que estava bem acabou desmaiando (preocupado).
Anahí: (rindo) Não, agora eu estou bem!
Poncho: O que aconteceu com você?
Anahí: Não faço a menor idéia... mas eu lembro que eu tava procurando a Dulce, você conhece ela?
Poncho: Sim, ela é minha irmã, e me ajudou a trazer você aqui...
Anahí: E onde está ela?Ele é irmão da Dulce? Coitado, deu pena agora... (Breath: :O )
Poncho: Foi chamar sua amiga, acho que está quase chegando... (Maite entra correndo, e logo em seguida vem Chris, Dul e Ucker).
Maite: Anny... você está bem? O que aconteceu?
Tinha que ser esse povo pra atrapalhar o clima... eu e esse lindo aqui nesse quarto, sozinhos... uiiuii... (Breath: ;] ‘666~)
Anahí: Sim, eu to bem, só desmaiei... mas por sorte esse cara tava por perto! (sorrindo pra Poncho).
Dulce: Que bom então! Parabéns maninho por salvar ela! Já que ela está bem podemos voltar ao que estávamos fazendo não Ucker? (puxando Ucker pra fora do quarto).
Anahí: Não, Dulce, espere, eu preciso falar com você!
Dulce: Falar comigo? O que você quer falar comigo garota?
Aaai que garota irritante... odeio ela :@ mas eu to fazendo isso pela Mai, então tenho que suportar...
Anahí: Eu vim aqui de penetra porque tava precisando falar com você. Aliaz, desculpa Ucker por entrar na sua casa de penetra.
Ucker: Nada, o dono da festa é o Poncho...
Anahí: Mas como assim? Essa casa não é sua?
Poncho: É que eles fizeram essa festa pra mim, pra comemorar minha chegada! 8)
Anahí: Chegada?
Poncho: Sim! Eu morei na Suíça por 3 anos e acabei de voltar!
Aaah, é por isso que eu nunca tinha visto esse cara lindo lá na escola Breath! (Breath: Que liindo amiga, seu gatinho morava na Suíça *-*) Cala a boca, ele não é meu gatinho... ¬¬
Anahí: Ahh, sei... mas continuando, Dulce, eu preciso da sua ajuda!
Dulce: Da minha ajuda? Pra que?
Anahí: Preciso dos seus conhecimentos de moda!
Dulce: Aaah, caiu na real, viu suas roupas horríveis e resolveu me pedir ajuda porque quer ser igual a mim é querida?
AAAAH, VOU METER O CACETE NESSA IDIOTA :@ (Breath: Calma Anny, assim ela não vai te ajudar... lembra da Mai, ela precisa de você)
Anahí: Não... é a Mai que precisa de você (Dulce olha pra Maite e ela baixa a cabeça).
Dulce: E por que ela não veio me procurar? Tinha que ser você? Por que você sabe que eu te odeio né? E quer saber, não vou te ajudar nada, e nen ela, por que se ela quisesse ela mesma viria me procurar... (Maite enche os olhos de lagrimas)
Anahí: É por que foi tudo idéia minha, a Mai nem queria que eu falasse com você mas ela ta precisando muito e por ela eu faço tudo, até mesmo pedir sua ajuda...
(Breath: Cuidado com o que diz, ela pode se irritar... você precisa tocar o coração dela pra ela te ajudar!) E como eu vou tocar o coração dela? (Breath: Com a história da Mai. Até você ficou com o coração mole depois de ouvir ela, então eu garanto que Dulce vai ajudar!)
Dulce: Aii, eu não to afim de bancar a consultora de moda pra vcs duas... sinceramente...
Anahí: Não... Dulce, por favor... eu te imploro, precisamos de você!
Dulce: Então convença-me!
Anahí: Mai, eu posso contar sua historia?
Maite: Claro que não!
Anahí: Mas é o único jeito!
Maite: Mas isso é um segredo, eu confiei em você Anny!
Anahí: Mas eu sinto que podemos confiar neles também...
Maite: Eu... eu não sei...
Christian: Mai, quando você me contou a sua história, me fez jurar que eu não contaria a ninguém. E eu não contei! Você passou anos nesse sofrimento todo, e ai você contou a uma pessoa e sua vida mudou completamente. Quem sabe se você não nos deixar contar a eles sua vida melhore ainda mais?
Maite: Mas Chris... eu...
Christian: E alem do mais, eu sinto o mesmo que a Anny, não sei por que, mas sinto que podemos confiar neles também.
Que bom que o Christian concorda comigo, assim é mais fácil a Mai deixar, e assim a idiota da Dulce ajuda a gente... (Breath: :D )
(Os outros olhando sem entender)
Maite: Ta... pode!
Anahí: Então gente, vou contar a vocês o passado da Mai... quando ela tinha 13 anos, estava saindo de férias com a família... (Anahí conta a triste história de Mai. Ao terminar, Dulce estava chorando e Ucker e Poncho boquiabertos com a tristeza da garota).
Anahí: Então Dulce, quando ela me contou essa história eu fiquei muito triste, e senti que precisava fazer alguma coisa pra ajudar... mas eu não consigo fazer isso sozinha, preciso da sua ajuda pra tirar a Mai dessa vida... você poderia nos ajudar?
Dulce: (chorando) Claro que ajudo, com o que for necessário. Do que vocês estão precisando? Apenas de roupas? Eu compro o shopping inteiro se quiserem!
Poncho: E se ela não tiver onde morar pode ficar lá em casa, tenho certeza que nossos pais concordariam né Dul?
Dulce: É verdade...
Ucker: E eu também quero ajudar... não sei em que, mas o que precisar eu estou aqui!
Maite: (chorando) Obrigada gente, vocês são muito gentis... eu realmente não sei como agradecer... (todos abraçam ela)

Capítulo 14 -

Aii caramba, eu tava conversando com o Ucker, um papo super agradável, acredita que ele despistou da namorada só pra ficar conversando comigo? Claro que ele não me disse isso, eu que percebi 8) Mas eu não sei por que ele fez isso, a namorada dele é muito linda cara. :O Bom, só sei que eu tava lá conversando com o Ucker, e ele é muito bom de papo sabia Breath? :D ai derrepente chegou o Poncho com a Anahí nos braços, desmaiada. Oo’ Tinha que ser essa idiota pra atrapalhar... aai eu odeio ela :@ (Breath: Porque você não gosta dela?) Aii, sei lá, ela é muito linda mas não dá valor a isso, não sabe se vestir, usa uma maquiagem horrível, acredito que nunca foi em um spar na vida! E sem contar que ela só vive bêbada. Não gosto desse tipo de gente revoltada com a vida. Qualquer dia desses ela acaba se suicidando, o que seria um grande favor pra humanidade. (Breath: Ahh, não diiz isso Dul, coitada) Ta, eu peguei pesado. Mas eu não vou com a cara dela... e ela nen foi convidada pra festa, veio de penetra, idiota. Mas a sorte é que o Ucker me chamou pra ir procurar a amiga dela com ele *-* O Ucker ta sendo tão fofo comigo, não desgruda de mim... (Breath: E você nen ta gostando disso né dona Dulce?) Confesso, to adorando 8) Mas isso é muito sem noção! (Breath: Sem noção? Como assim ruiva?) Aii amor, tipo, Ucker é mais velho que eu, é melhor amigo do meu irmão, e tem uma namorada linda, você já viu como ela é linda? (Breath: Isso é verdade, ela é perfeita, o rosto, o corpo, o cabelo, a pele... e ela é muito legal tbm!) Pois é, e eu sou uma patricinha chata e mimada... ele nunca olharia pra mim Breath... não com outras intenções... acho que ele só ta conversando comigo assim por que quer fingir ser meu amigo já que o Poncho ta de volta, aposto que na verdade ele me odeia :( (Breath: Ah... não diiz isso gatinha, é claro que ele gosta de você, pelomenos como amiga... e por que você está triste com isso? Tem um monte de garotos aos seus pés e ele não faz parte da sua vida... esquece ele e arruma um menino bem gostoso pra dar uns pega ;D) É, você tem razão Breath, eu não posso ficar triste por causa disso! Aiii, mas cadê essa menina que eu não consigo encontrar ela eim? :x
Ucker: Dulce, acho que é aquela morena ali que ta conversando com aquele menino loiro...
Dulce: Aii, é sim... finalmente encontramos ela... já tava de saco cheio de procurar ¬¬
Ucker: É sim... vamos lá falar com ela... (Se aproximando)
Dulce: Oi, licença, vocês estão acompanhando a Anahí?
Maite: Sim, estamos sim, por que?
Ucker: É que ela desmaiou, não sei o que aconteceu... o Poncho levou ela pro meu quarto pra tentar fazer ela acordar...
Maite: Caramba, ela desmaiou? Me leva até ela por favor?
Dulce: Claro, vem com a gente.
Maite: Você vem Chris?
Christian: Claro.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Capítulo 13 –

Nossa cara, deu uma pena de deixar o Téo lá na Suíça sozinho, mais eu falei pra ele que se quiser dar uma passadinha lá no México eu vou ta esperando por ele! Cara esses anos que passei na Suíça aprendi tanta coisa com o Téo, ele me ensinou a ser quem eu sou hoje e me ensinou uns truques na guitarra também haha~ (Breath: é verdade Ponchito, o Téo ser lindo [/egostosotambém] rsrsrsrs) Ain Breath só você mesmo em? Imagina o que seria de mim sem você? (Breath: a claro que você seria um cão sem dono, um pobre coitado, triste e sofredor sem a mínima vontade de viver por que você só sabe viver com a Breathzinha aqui :D) Breath oO rsrsrs, eu te amo! (Breath: eu sei amor, por isso que eu te amo!) Só tem você mesmo Breath para ser minha salvação né?
Aeromoça: confortável senhor? (olhar safado para o Poncho)
Poncho: sim obrigada! (sorriso safado)
Aeromoça: deseja alguma coisa? (sorrindo para ele)
Poncho: Não obrigada, quer dizer... Não, esquece. (olhando pra ela)
Aeromoça: Quando precisar é só chamar senhor. (sai / Poncho olhando a bunda dela)
Nossa Breath que mulher gostosa (Breath: Poncho deixa de ser tarado oO ) desculpa Breath, mais você sabe né? rsrsrs eu sou homem e homens gostam dessas coisas, mas deixa isso para lá, não vejo a hora de chegar no México, ainda bem que só falta uma hora para isso, ver a Dulce, o Ucker, a minha mãe e o meu pai!
Aeromoça: Atenção senhores passageiros apertem os cintos para aterrissagem!
Ah, Graças a Deus chegamos Breath! Não via a hora descer desse avião. Imagina quando eu ver a Dul, a mãe e o pai? Cara que felicidade velho, eu amo de mais eles, não sei o que seria de mim se eu não tivesse eles, e a Dul cara, essa mina é de ouro apesar de não ter nada na cabeça eu amo aquela menina! Breath, aquele é o Ucker? (Breath: onde Poncho? Aquele menino ali da bunda mais perfeita do mundo :O) Breath? (Breath: calei, é ele sim) Nossa, como ele ta mudado, e não vai me dizer que a ruiva é a...
Dulce: PONCHOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
Dulce oO, cara ela ta muito linda, tinha que ser minha irmã (Breath: convencido) obrigado. 8)
Poncho: Dulce minha linda (abraça) que saudades!
Dulce: (abraçando) que saudade maninho!
Ucker: Poncho meu irmão, toca aqui velho (abraça poncho)
Poncho: meu mano beleza vei? Saudades de tu babão (os três riem)
Sr. Herrera: Poncho meu garoto tudo bem? (abraça o filho)
Poncho: estou bem sim pai e o senhor? (sorri)
Sr. Herrera: estou bem meu filho! Ta grande em meu garoto (tapas nas costas do Poncho)
Sr. Helena: Meu bebe que saudades (abraça e beija a bochecha)
Poncho: bebe? Mãe! (rindo) eu também estava com saudades.
Ucker: e ai bebe como foi a viajem? (todos riem)
Poncho: foi boa vei, to com uma fome, tem o que de bom ai para comer? (rindo)
Sr. Herrera: Filho, eu e sua mãe temos que ir agora para casa do seu tio Carlos, mais agente leva as suas malas e você sai para comer com a Dulce e o Ucker filho.
Dulce: É Ponchito, vamos?
Poncho: Já é, vamos...
Saímos e fomos para casa do Ucker, agente demorou um século para entrar no carro, já que ficamos para esperar o desembarque das malas, quando terminamos de colocar na mala do carro dos meus Pais fomos direto pro carro do Ucker, nós entramos e fomos, passamos quase 50 minutos para chegar na casa do Ucker, o transito tava muito grande e pegamos vários sinais vermelhos, não sabia o por que mais o Ucker tava mais lento que tartaruga (¬¬) e a Breath como sempre ta dando para sumir, não sei o que ta acontecendo com essa menina (Breath: eu não sumi não :O, eu to aqui oo’) a ta desculpa, como eu dizia o Ucker ta muito lento, e a Dul calada, a menina que mais fala nesse mundo ta calada? Deve ta doente (Breath: sua irmã ta doente?) não Breath presta atenção nas conversas ¬¬.
Poncho: Ucker você ta lerdinho em (risos)
Ucker: Malz Poncho, é que a Dulce...
Dulce: o que tem eu ai?
Ucker: é que a Dulce ta no carro e eu não quero assustá-la correndo entende?
Poncho: a to ligado. (rindo muito)
Dulce: oo’
Não entendo o Ucker, antigamente ele nem ia ligar em correr (¬¬) mais esquece. Chegamos no apartamento do Ucker, íamos pegar a Anna para ir jantar com agente, eu vou conhecer ela hoje, ele já havia falado dela mais eu nunca tinha visto... Disse que ela é linda. (Breath: namorada do seu amigo lembra? :D) Ta Breath eu juro que eu me calei :X, agente chegou no prédio e subimos pelo elevador, chegamos no apartamento dele e quando ele abriu a porta:
Todos: Surpresa (batem palma)
E eu fiquei sem reação, comecei a dar risada e agradeci o pessoal por estarem ali me dando boas vindas, fiquei morto de vergonha, cara toda essa gente que eu conheço a não sei quanto tempo... As gatinhas é claro com aqueles olhares (Breath: convencido, como sempre) obrigada Breath, você também é linda 8) (Breath: oO’ eu disse que ele era lindo?) esquece, cumprimentei o pessoal e fui pegar uma bebida para mim, e alguem esbarrou em mim. :x odeio quando isso acontece...
xXxXx: ai foi mal, serio me desculpa
Poncho: imagina, quer ajuda?
xXxXx: (olhando nos olhos dele) Não, obrigada! (olhares se encontram e eles ficam calados por um breve momento, como se estivessem paralisados admirando os olhos alheios. O coração de Poncho bateu forte)
Poncho: (olhando nos olhos dela) Tem certeza?
xXxXx: (olhando) tenho sim... (desmaia, Poncho a segura)
Poncho: ai Meus deus agora essa (coloca a menina no braço)
Breath será que ela morreu? Será que ela tem amigas aqui? Onde ela mora? Qual o nome dela? Meu Deus to preocupado, (Breath: Você ta preocupado com a beleza dela isso sim, não ta vendo que essa menina está bêbada?) Breath, eu sei que você ta com ciúmes mais eu quero ajudar, e outra ela é linda sim, os olhos azuis dela são perfeitos, mas você sempre será o grande amor da minha vida rsrsrsrs (Breath: sei, assim como 2 + 2 = 5 :O) :O’ dessa eu não sabia oO rsrsrsrs. Olha o Ucker e a Dul ali, como foram eles que organizaram tudo eles devem saber quem é ela.
Poncho: Ucker, essa menina desmaiou em cima de mim! Me ajuda aqui... você sabe quem é ela?
Ucker: Não sei cara, ela desmaiou?
Dulce: Ai eu sei quem é ela, odeio essa garota.
Poncho: Isso não é hora de odiar ninguém, Ucker vai chamar a garota que tava com ela.
Ucker: Beleza cara, coloca ela lá no meu quarto (aponta qual é a porta) vamos comigo Dulce? (saem os dois)
Poncho: Valeu. (entra no quarto, com a garota em seus braços e coloca ela na cama).
Nossa meu, essa garota é linda Breath, (Breath: :x) Ela ta acordando...