segunda-feira, 6 de julho de 2009

Eudes, razão de tudo ♥

Por que você ama aquela pessoa? Por que você tenta dormir, mas é pensando nela que você mantém acordado? Por que lembar daquela pesoa te causa arrepios, e uma sensação estranha e diferente de felicidade? Por que essa pessoa consegue dominar nossa mente mais até que nós mesmos, e nós nos sentimos tão satisfeitos com isso? Por que tudo muda quando você fala com esse alguém, ou quando você vê esse alguém? E por que essa pessoa tem força suficiente pra nos arrancar de qualquer superfície, e nos fazer navegar no pensamento, em lembranças repetitivas e momentos que não aconteceram? Sim, o amor é inexplicável. Tão comentado, tão falado, tão valorizado, tão conhecido como “o maior poder” ou “sentimento mais respeitável do mundo”, porém nunca detalhado e mostrado sob todos seus aspectos. Talvez nós nunca entendamos o amor. Somos condenados a viver submetidos a ele. E é essa escravidão humana que nos torna efetivamente humanos. É essa força que nos move e nos torna pessoas melhores. Nunca responderão todas as perguntas que fiz lá em cima. Mas perguntas assim, não devem ser respondidas, devem ser vividas.
Poeta: Rafael Mendonça de Sousa
Quase choro lendo esse texto e escutando "As vezes no silêncio da noite..."
Mas não só por que esse texto é muuuuuito lindo e me fez lembrar paaakas de Eudes, mas por que foi meu Principe dos reinos do Ocidente que escreveu essa obra prima. Viida, fala sério, quem escuta o que você fala no ônibus é imcapaz de imaginar que alguém assim é capaz de tanto romantiso, só eu sei que você é capaz disso, eu te conheço e sei muito bem o que você guarda ai dentro, e se eu fosse Thaísa me sentiria a mlher mais feliz do mundo com uma homenagem dessas... *-* Enfim monamour, me sinto orgulhosa de você e espero que você continue assim escrevendo esses textos lindos que me fazem chorar pra eu copiar todos e colocar aqui no meu blog HAHA ;) Te amo RafaelMendonça
Eudes bebê, se você chegar a ler isso, faço minhas as palavras de Rafael e as dedico a você!
Te amo

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você gostou do post, comenta! Vou adorar saber o que você achou.
Assim que puder responderei seu comentário, e se você deixar o link do seu blog irei retribuir a visita. Obrigada, e volte sempre!

Beijos, Anna